Ergometria no Brasil – A Verdadeira História

Projeto gráfico, editoração, capa e produção do livro de autoria do Cardilogista Valdir Pereira Aires.

O Livro, de autoria do Dr. Valdir Pereira Aires, teve o projeto gráfico, a editoração e a capa desenvolvidos por Ronald Souza, da Digitalcom. Contou ainda com a coordenação de Tatiana Tereza Silva de Freitas Aires e revisão de Ana Paula Zacca.

destaque_livro_dercA publicação, produzida pela Digitalcom e patrocinada pela Micromed tem 367 páginas ilustradas e formato 23 x 25cm

Dr Valdir Pereira Aires“Finalmente acredito que o esforço valeu. Foram cinco anos de pesquisas, de entusiasmos, decepções, ensaios de desistência, incertezas de conclusão, persistência, abnegação e finalmente vislumbramento de uma obra pronta para ser apresentada à Sociedade Brasileira de Cardiologia, especialmente aos sócios do DERC.

Esta coletânea, composta de um valioso material histórico, de inestimável valor, perpetuará a Verdadeira História do DERC, fazendo parte, de agora em diante, dos Anais da Cardiologia Brasileira, assim guardada de uma maneira indelével.

As personagens poderão passar (alguns já não estão mais conosco), mas a história ficará gravada de uma maneira física, impressa em um livro, e de uma maneira eletrônica disponível no site da Sociedade Brasileira de Cardiologia, especificamente no Departamento de Ergometria, Exercício, Reabilitação Cardiovascular, Medicina Nuclear e Cardiologia do Esporte.

destaque2_livro_dercAgradeço a todos os colaboradores que permitiram que esta obra fosse concluída, me fazendo assegurar que, sem suas ajudas indispensáveis, o meu projeto não teria se tornado realidade.

Em especial agradeço à minha esposa e filhos, que me incentivaram a continuar em frente, em alguns momentos de ameaça de desistência, me mostrando que o trabalho árduo de pesquisa e o cuidado em deixar registrado toda a verdade encontrada nesta trajetória, vem coroar uma vida profissional dedicada ao exercício da medicina, sempre pautado em ética, respeito e dedicação. Este livro fez de mim um contador de história.

Estou realizado. Como diz o ditado popular… já plantei árvores, tenho filhos e finalmente escrevi um livro!”

Dr. Valdir Aires